Introduções para uso no ministério de campo

Comentários: Ao decidir que tipo de introdução usar quando participa no ministério de campo, três coisas merecem cuidadosa consideração: (1) A mensagem que fomos comissionados a transmitir são “estas boas novas do reino”. (Mat. 24:14) Mesmo quando não a consideramos diretamente, devemos ter em mente ajudar as pessoas a ver a necessidade que dela têm, ou devemos talvez procurar tirar os obstáculos para que estejam dispostas a considerá-la. (2) O interesse genuíno no bem-estar das pessoas que encontramos nos ajudará, como ajudou a Jesus, a tocar o coração das pessoas. (Mar. 6:34) Tal genuíno interesse pode ser indicado por um sorriso caloroso e maneiras amigáveis, pela disposição de ouvir quando elas falam e daí por adaptarmos nossas observações concordemente, também por fazermos perguntas que as incentivem a se expressar, a fim de podermos entender melhor qual é o conceito delas. Primeira aos Coríntios 9:19-23 mostra que o apóstolo Paulo adaptava sua apresentação das boas novas às circunstâncias das pessoas com quem falava. (3) Em algumas partes do mundo, espera-se que os visitantes observem certas formalidades antes de dizerem a razão da sua visita. Em outras partes, o morador talvez espere que o visitante não-convidado entre logo no assunto. — Compare com Lucas 10:5.

As seguintes introduções mostram como algumas Testemunhas experientes iniciam conversações. Se as introduções que costuma usar dão raras vezes ensejo a conversações, experimente algumas destas sugestões. Ao assim fazer, desejará sem dúvida usar suas próprias palavras. Notará também que é útil obter sugestões de outras Testemunhas na sua congregação que têm sucesso em iniciar uma conversação com as pessoas.

AMOR/BONDADE

● ‘Notamos que muitas pessoas estão bastante preocupadas por causa da falta de verdadeiro amor no mundo. Está também? . . . Por que acha que é essa a tendência? . . . Sabia que a Bíblia predisse essa situação? (2 Tim. 3:1-4) Ela explica também a razão disso. (1 João 4:8)’

● ‘Eu me chamo — —. Moro nesta vizinhança. Estou fazendo apenas uma breve visita para falar com meus vizinhos sobre algo que me preocupa muito, e tenho certeza de que você também já o notou. A bondade não custa muito, mas parece ser tão rara hoje em dia. Já se perguntou alguma vez por que é assim? . . . (Mat. 24:12; 1 João 4:8)’

ARMAGEDOM

● ‘Muitas pessoas estão preocupadas com o Armagedom. Ouviram líderes mundiais usar esse termo com referência a uma guerra nuclear total. Que acha que significará o Armagedom para a humanidade? . . . Realmente, o nome Armagedom é tirado da Bíblia, e significa algo bem diferente do sentido que comumente se dá à palavra. (Rev. 16:14, 16) A Bíblia mostra também que há coisas que nós pessoalmente podemos fazer, visando a sobrevivência. (Sof. 2:2, 3)’ (Veja também as páginas 44-48, sob o tópico geral “Armagedom”.)

BÍBLIA/DEUS

● ‘Bom dia. Estou fazendo apenas uma breve visita para lhe transmitir uma importante mensagem. Note, por gentileza, o que se diz aqui na Bíblia. (Leia o texto, tal como Revelação 21:3, 4.) Que acha disso? Parece-lhe bom?’

● ‘Estamos falando com os nossos vizinhos sobre onde encontrar ajuda prática para enfrentar os problemas da vida. No passado, muitas pessoas consultavam a Bíblia. Mas vivemos num tempo em que a atitude das pessoas está mudando. Qual é a sua opinião? Acredita que a Bíblia é a Palavra de Deus, ou acha que é apenas um bom livro escrito pelos homens? . . . Se é de Deus, como acha que uma pessoa pode ter certeza disso?’ (Veja as páginas 63-73, sob o tópico geral “Bíblia”.)

● ‘É uma satisfação encontrá-lo(a) em casa. Estou falando com os meus vizinhos sobre um ponto da Bíblia (ou, das Escrituras Sagradas) que é animador. Já se perguntou: . . .? (Faça uma pergunta que leve ao tópico que está considerando.)’

● ‘Estamos incentivando as pessoas a ler a Bíblia que possuem. As respostas que ela fornece a perguntas importantes muitas vezes surpreendem as pessoas. Por exemplo: . . . (Sal. 104:5; ou Dan. 2:44; ou algum outro texto).’

● ‘Estamos fazendo apenas uma breve visita hoje aos nossos vizinhos. Algumas pessoas com as quais falamos têm confiança em Deus. Outras acham difícil crer nele. E no seu caso? . . . A Bíblia nos incentiva a considerar o significado do universo físico. (Sal. 19:1) Aquele cujas leis governam esses corpos celestes também proveu para nós uma valiosa orientação. (Sal. 19:7-9)’ (Veja também as páginas 120-126, 94-98, sob os tópicos gerais “Deus” e “Criação”.)

CRIME/SEGURANÇA

● ‘Bom dia. Estamos falando com as pessoas a respeito da segurança pessoal. Há muito crime à nossa volta, e isto influi em nossa vida. Acha que algum dia chegará o tempo em que as pessoas como você e eu poderemos caminhar pelas ruas de noite e sentir-nos seguros? (Ou: Acha que alguém tem uma solução real para esse problema?) . . . (Pro. 15:3; Sal. 37:10, 11)’

● ‘Eu me chamo — —. Moro na vizinhança. Caminhando até aqui esta manhã, notei que todos estão falando sobre (mencione um recente crime na vizinhança ou outro assunto de preocupação na localidade). Que acha disso? . . . Há alguma coisa que acha que poderá contribuir para tornar nossa vida mais segura? . . . (Pro. 1:33; 3:5, 6)’

EMPREGO/MORADIA

● ‘Temos falado com os seus vizinhos sobre o que se pode fazer para garantir que haja emprego e moradia para todos. Acha que é razoável esperar que os governos humanos realizem isso? . . . Mas há alguém que sabe solucionar esses problemas; esse é o Criador da humanidade. (Isa. 65:21-23)’

● ‘Estamos falando com os nossos vizinhos sobre um bom governo. A maioria das pessoas gostaria de ter um tipo de governo que fosse livre de corrupção, que pudesse prover emprego e boa moradia a todos. Que tipo de governo acha que poderá realizar tudo isso? . . . (Sal. 97:1, 2; Isa. 65:21-23)’ (Veja também as páginas 178-182, sob o tópico geral “Governo”.)

ESTUDO BÍBLICO DOMICILIAR

● ‘Vim até a sua casa para lhe oferecer um curso bíblico gratuito a domicílio. Se me permitir, gostaria de tomar apenas alguns minutos para lhe demonstrar como pessoas em cerca de 200 países consideram a Bíblia em casa em grupos de família. Podemos usar quaisquer desses tópicos como base de nossa palestra. (Mostre o índice num livro de estudo.) Qual destes lhe interessa especialmente?’

● ‘Estamos mostrando este compêndio bíblico a nossos vizinhos. (Mostre-o.) Já o havia visto antes? . . . Se dispõe de alguns minutos, gostaria de demonstrar como pode ser usado junto com o seu próprio exemplar da Bíblia.’

EVENTOS ATUAIS

● ‘Boa noite. Meu nome é — —. Moro aqui perto na (nome da rua ou da localidade). Viu o noticiário na TV ontem à noite? . . . Aquela notícia sobre (mencione algum evento atual de interesse) — que acha disso? . . . Não é incomum ouvir pessoas perguntar: Onde vai parar este mundo? Nós, como Testemunhas de Jeová, acreditamos que vivemos no tempo que a Bíblia chama de “últimos dias”. Observe esta descrição pormenorizada, em 2 Timóteo 3:1-5.’ (Veja também as páginas 419-428.)

● ‘Leu isto no jornal esta semana? (Mostre um recorte apropriado.) Que acha . . .?’

● ‘Gostaria de lhe fazer uma pergunta. Se pudesse escolher, qual dos muitos problemas que o mundo enfrenta hoje gostaria de ver solucionado primeiro? (Depois de saber qual é a maior preocupação do morador, use isso como base de sua palestra.)’

FAMÍLIA/FILHOS

● ‘Estamos falando com pessoas interessadas em saber como podemos enfrentar melhor os problemas da vida familiar. Todos nós tentamos fazer o melhor que podemos, mas, se existe uma coisa que nos pode ajudar a ter maior sucesso, não nos interessa isso? . . . (Col. 3:12, 18-21) A Bíblia nos apresenta uma esperança que oferece um futuro real para nossas famílias. (Rev. 21:3, 4)’

● ‘Todos nós desejamos que nossos filhos tenham uma vida feliz. Mas acha que há razão sólida para esperar um fim feliz da dificuldade pela qual atravessa hoje este mundo? . . . Portanto, que espécie de mundo acha que nossos filhos enfrentarão quando crescerem? . . . A Bíblia mostra que Deus irá fazer desta terra um lugar maravilhoso em que viver. (Sal. 37:10, 11) Mas, se nossos filhos hão de participar nisso, depende em grande parte da escolha que nós fazemos. (Deut. 30:19)’

FUTURO/SEGURANÇA

● ‘Bom dia. Como está? . . . Estamos empenhando-nos em transmitir aos nossos vizinhos um conceito positivo sobre o futuro. Procura encarar assim a vida? . . . Acha que algumas situações dificultam isso? . . . Descobri que a Bíblia é muito útil neste respeito. Ela descreve realisticamente as condições que existem em nossos dias, mas também explica o significado delas, bem como nos diz qual será o resultado. (Luc. 21:28, 31)’

● ‘Bom dia. Eu me chamo — —. Qual é o seu nome? . . . Estou incentivando os jovens como você a considerar o grandioso futuro que a Bíblia nos apresenta. (Leia um texto, tal como o de Revelação 21:3, 4.) Acha isso bom?’

GUERRA/PAZ

● ‘Quase todas as pessoas hoje estão preocupadas com a ameaça de uma guerra nuclear. Acha que teremos algum dia verdadeira paz na terra? . . . (Sal. 46:8, 9; Isa. 9:6, 7)’

● ‘Estou à procura de pessoas que gostariam de viver num mundo livre de guerras. Só neste século houve centenas de guerras, incluindo duas guerras mundiais. Vemo-nos confrontados agora com a ameaça de um conflito nuclear. Que acha que é preciso para evitar tal guerra? . . . Quem pode introduzir um mundo pacífico? . . . (Miq. 4:2-4)’

● ‘Notamos que quase toda pessoa diz que deseja a paz mundial. A maioria dos líderes do mundo também dizem isso. Por que, então, é tão difícil de consegui-la? . . . (Rev. 12:7-12)’

INJUSTIÇA/SOFRIMENTO

● ‘Já se perguntou: Será que Deus realmente se importa com a injustiça que os humanos sofrem e com os sofrimentos deles? . . . (Ecl. 4:1; Sal. 72:12-14)’ (Veja também os tópicos gerais “Sofrimento” e “Encorajamento”.)

REINO

● ‘Ao falar com meus vizinhos, observei que muitos anseiam viver sob um governo que pode realmente solucionar os grandes problemas que enfrentamos hoje — a criminalidade e o elevado custo de vida (ou o que quer que esteja no momento na mente de muitos). Seria tão bom, não acha? . . . Existe hoje tal governo? . . . Muitos na verdade têm orado pedindo um governo que pode fazer essas coisas. Sem dúvida, você tem orado pedindo-o, mas não são muitas as pessoas que pensam nele como sendo um governo. (Dan. 2:44; Sal. 67:6, 7; Miq. 4:4)’ (Veja também as páginas 298-306 e 178-182, sob os tópicos gerais “Reino” e “Governo”.)

● ‘Estamos fazendo uma pergunta aos nossos vizinhos. Apreciaríamos seu comentário. Sabe, Jesus nos ensinou a orar pedindo que o Reino de Deus venha e que a vontade Dele seja feita na terra como é feita nos céus. Acha que algum dia esta oração será atendida, de modo que a vontade de Deus realmente virá a ser feita aqui na terra? . . . (Isa. 55:10, 11; Rev. 21:3-5)’

● ‘Estou considerando com meus vizinhos uma questão que todos nós precisamos enfrentar: Estamos a favor de um governo da parte de Deus, ou preferimos o governo humano? Em vista das condições no mundo hoje, acha que precisamos de algo diferente daquilo que os homens produziram? . . . (Mat. 6:9, 10; Sal. 146:3-5)’

ÚLTIMOS DIAS

● ‘Estamos fazendo-lhe uma visita para palestrarmos sobre o significado do que está acontecendo ao redor de nós hoje no mundo. Há entre muitas pessoas um declínio de interesse em Deus e nos seus padrões para a vida, segundo indicados na Bíblia. Isto tem influído grandemente na atitude das pessoas umas para com as outras. Permita-me, por gentileza, mostrar-lhe esta descrição registrada em 2 Timóteo 3:1-5, e diga-me se não acha que descreve o mundo de hoje. (Leia-a.) . . . Existe uma razão sólida para esperarmos condições melhores no futuro? (2 Ped. 3:13)’

● ‘Muitas pessoas acreditam que se esgota rapidamente o tempo para este mundo. Falam do nosso tempo como sendo “os últimos dias”. Mas, sabia que a Bíblia nos informa como podemos sobreviver ao fim do atual mundo e viver na terra que será transformada em paraíso? (Sof. 2:2, 3)’ (Veja também as páginas 419-428, sob o tópico geral “Últimos Dias”.)

Veja também “Eventos Atuais” nesta lista de introduções sugeridas.

VELHICE/MORTE

● ‘Já se perguntou por que envelhecemos e morremos? Algumas tartarugas-do-mar vivem centenas de anos. Certas árvores têm existido por milhares de anos. Mas os humanos vivem apenas 70 ou 80 anos e daí morrem. Já se perguntou por quê? . . . (Rom. 5:12) Será que essa situação mudará algum dia? . . . (Rev. 21:3, 4)’

● ‘Já se perguntou: É a morte o fim de tudo? Ou existe algo após a morte? . . . A Bíblia esclarece qualquer dúvida que tenhamos sobre a morte. (Ecl. 9:5, 10) Mostra também que há uma verdadeira esperança para pessoas que têm fé. (João 11:25)’ (Veja também as páginas 243-249 e 134, sob os tópicos gerais “Morte” e “Encorajamento”.)

VIDA/FELICIDADE

● ‘Estamos visitando nossos vizinhos para encontrarmos pessoas que estão profundamente interessadas no significado da vida. A maioria das pessoas têm alguma felicidade. Mas enfrentam também muitos problemas. Ao avançarmos em idade, damo-nos conta de que a vida é muito curta. Será que a vida era para ser apenas isto? Que acha? . . . (Comente o propósito original de Deus, conforme indicado no Éden; daí, em João 17:3 e em Revelação 21:3, 4.)’ (Veja também as páginas 428-433, sob o tópico geral “Vida”.)

● ‘Estamos perguntando hoje aos nossos vizinhos o que pensam quando lêem na sua Bíblia a expressão “vida eterna”. É de interesse especial, porque essa expressão aparece na Bíblia umas 40 vezes. O que poderá significar tal vida para nós? . . . Como a podemos obter? (João 17:3; Rev. 21:4)’

● ‘Estamos falando com as pessoas que se interessam realmente na qualidade da vida hoje. A maioria de nós estamos contentes de estarmos vivos, mas muitos se perguntam: É possível uma vida realmente feliz? O que acha a respeito disso? . . . Que diria que é hoje um dos maiores obstáculos à felicidade? . . . (Sal. 1:1, 2; textos adicionais que se enquadrem naquilo que interessa ao morador.)’

QUANDO MUITAS PESSOAS DIZEM: ‘TENHO MINHA PRÓPRIA RELIGIÃO.’

● ‘Bom dia. Estamos visitando todas as famílias no seu quarteirão (ou: nesta localidade), e notamos que a maioria delas têm a sua própria religião. Sem dúvida, você também. . . . Mas, seja qual for a sua religião, enfrentamos muitos dos mesmos problemas — elevado custo de vida, crimes, doenças — não é verdade? . . . Acha que existe uma solução real para essas coisas? . . . (2 Ped. 3:13; etc.)’

QUANDO MUITAS PESSOAS DIZEM: ‘ESTOU OCUPADO(A).’

● ‘Bom dia. Estamos visitando todas as pessoas nesta vizinhança com uma importante mensagem. Sem dúvida, é uma pessoa ocupada, portanto serei breve.’

● ‘Bom dia. Eu me chamo — —. A finalidade da minha visita é falar-lhe sobre as bênçãos do Reino de Deus e sobre como podemos ter parte nelas. Mas vejo que está ocupado(a) (ou: que está de saída). Permite-me dizer-lhe brevemente uma coisa?’

EM TERRITÓRIO TRABALHADO COM MUITA FREQÜÊNCIA.

● ‘Alegro-me de encontrá-lo(a) em casa. Estamos fazendo nossas visitas semanais nesta vizinhança, e temos mais a lhe dizer a respeito das coisas maravilhosas que o Reino de Deus fará pela humanidade.’

● ‘Bom dia. É uma satisfação revê-lo(a) . . . Estão todos bem em sua casa? . . . Passei aqui para lhe falar a respeito de um ponto sobre . . .’

● ‘Bom dia. Como vai? . . . Estava desejando ter mais uma oportunidade de falar com você. (Daí, mencione o assunto específico sobre o qual deseja falar.)’