Como pesquisar

O REI SALOMÃO “ponderou e fez uma investigação cabal, a fim de pôr em ordem muitos provérbios”. Por quê? Porque estava interessado em escrever “palavras corretas de verdade”. (Ecl. 12:9, 10) Lucas ‘pesquisou todas as coisas com exatidão, desde o início’, a fim de narrar em ordem lógica os eventos da vida de Cristo. (Luc. 1:3) Esses dois servos de Deus estavam pesquisando.

O que é pesquisa? É a busca minuciosa de informações sobre determinado assunto. Inclui ler e exige a aplicação dos princípios do estudo. Também pode envolver entrevistas.

Em que circunstâncias é necessário fazer pesquisas? Seguem-se alguns exemplos. Durante o estudo pessoal ou a leitura da Bíblia, podem surgir algumas perguntas importantes para você. Ao dar testemunho, a pessoa talvez lhe faça uma pergunta sobre a qual você gostaria de obter informações específicas para responder. Ou pode ser que você tenha sido designado para proferir um discurso.

No caso de um discurso, pode ser que a matéria que lhe foi designada pareça bem genérica. Como poderá aplicá-la aos ouvintes? Enriqueça-a por meio de pesquisas. Um argumento aparentemente óbvio torna-se informativo e até motivador quando apoiado por dados estatísticos ou por um exemplo que se encaixe na matéria e que tenha a ver com os presentes. A matéria que servirá de base para seu discurso pode ter sido preparada para leitores de todo o mundo, mas você precisa ampliar e ilustrar os pontos, e mostrar como se aplicam a determinada congregação ou a uma pessoa específica. Como fazer isso?

Antes de começar a pesquisar, pense na assistência. O que já conhecem da matéria? O que precisam saber? Daí, identifique o seu objetivo. Você pretende explicar, convencer, refutar ou motivar? Para explicar algo é necessário incluir informações adicionais a fim de esclarecer o assunto. Embora os fatos básicos possam ser compreendidos, talvez precise falar um pouco mais sobre quando ou como fazer o que está sendo dito. Para convencer, é preciso apresentar motivos e provas que indiquem por que uma coisa é de determinada maneira. Para refutar, é necessário conhecer bem os dois lados da questão e analisar detalhadamente as evidências usadas. E óbvio que não procuramos apenas usar argumentos fortes, mas procuramos meios para apresentar fatos de maneira bondosa. Motivar envolve tocar o coração. Significa incentivar os ouvintes e estimular seu desejo de agir em harmonia com o que está sendo dito. Citar exemplos de pessoas que agiram assim, mesmo ao enfrentar dificuldades, pode tocar o coração dos ouvintes.

Está pronto para começar? Ainda não. Veja a quantidade de informação de que precisará. O tempo é um fator importante. Se tiver de apresentar a informação a outros, quanto tempo terá para fazer isso? Cinco minutos? Quarenta e cinco minutos? Há um limite de tempo, como acontece nas reuniões, ou há certa flexibilidade, como no caso de um estudo bíblico ou de uma visita de pastoreio?

Por último, que ferramentas de pesquisa tem à disposição? Além das que tem em casa, há mais na biblioteca do Salão do Reino? Será que os irmãos que já servem a Jeová por muitos anos estariam dispostos a deixá-lo consultar suas publicações? Existe uma biblioteca pública em sua região para que possa consultar livros de referência, caso necessário?

Como usar nossa ferramenta de pesquisa mais importante  a Bíblia

Se o seu projeto de pesquisa envolve o significado de um texto bíblico, comece com a própria Bíblia.

Examine o contexto. Pergunte-se: ‘A quem foi dirigido esse texto? O que o contexto diz sobre as circunstâncias que levaram a essa declaração ou a atitude das pessoas envolvidas?’ Esses detalhes muitas vezes nos ajudam a entender um versículo, e também podem ajudar-nos a enriquecer um discurso.

Por exemplo, o texto de Hebreus 4:12 muitas vezes é citado para mostrar que a Palavra de Deus tem o poder de tocar o coração e influenciar pessoas. O contexto ajuda-nos ainda mais a ver como isso realmente pode acontecer. Fala sobre os 40 anos que Israel passou no deserto antes de entrar na terra que Jeová havia prometido a Abraão. (Heb. 3:7–4:13) “A palavra de Deus” — sua promessa de levá-los a um lugar de descanso, em harmonia com o pacto que havia feito com Abraão — não estava morta; estava viva e rumo ao cumprimento. Os israelitas tinham todos os motivos para ter fé nessa promessa. Mas, à medida que Jeová os conduzia do Egito para o monte Sinai e dali para a Terra Prometida, eles demonstraram falta de fé em várias ocasiões. Assim, sua reação ao modo de Deus cumprir sua Palavra revelou o que tinham no coração. Atualmente, a palavra ou promessa de Deus revela o que o homem tem no coração.

Consulte as referências cruzadas. Algumas Bíblias têm referências cruzadas. Você tem uma assim? Se tiver, elas podem ser úteis. Veja um exemplo da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas. O texto de 1 Pedro 3:6 menciona Sara como exemplo digno de ser imitado pelas esposas cristãs. A referência cruzada a Gênesis 18:12 reforça essa ideia dizendo que, “no íntimo”, Sara chamava Abraão de senhor. Isso mostra que sua submissão vinha do coração. Além desses esclarecimentos, as referências cruzadas podem levá-lo a versículos que mostram o cumprimento de uma profecia bíblica ou de um modelo do pacto da Lei. Contudo, é bom estar ciente de que algumas referências cruzadas não têm o objetivo de fornecer explicações. Elas podem simplesmente indicar ideias paralelas ou ainda informações biográficas ou geográficas.

Pesquisa com uma concordância bíblica. A concordância bíblica é um índice alfabético de palavras usadas na Bíblia. É usada para encontrar textos que se relacionam com o assunto que está pesquisando. Ao consultá-los, aprenderá outros detalhes práticos. Verá a evidência do “modelo” da verdade contido na Palavra de Deus. (2 Tim. 1:13) A Tradução do Novo Mundo contém um “Índice de Palavras Bíblicas”. A Comprehensive Concordance (Concordância Abrangente) é muito mais extensiva. Se estiver disponível em seu idioma, ela lhe indicará todos os textos em que aparecem as principais palavras da Bíblia.

Como usar outras ferramentas de pesquisa

O quadro na página 33 alista uma série de outras ferramentas de pesquisa fornecidas pelo “escravo fiel e discreto”. (Mat. 24:45-47) Muitas delas têm um índice da matéria contida na publicação, além de um índice no final cuja finalidade é ajudá-lo a encontrar informações específicas. No final de cada ano, as revistas A Sentinela e Despertai! trazem índices dos assuntos publicados nelas durante o ano.

Estar familiarizado com o tipo de informação contida nessas publicações bíblicas pode acelerar o processo de pesquisa. Digamos, por exemplo, que você queira saber algo sobre profecia, doutrina, conduta cristã ou aplicação de princípios bíblicos. A revista A Sentinela provavelmente tem a informação que procura. A Despertai! publica matérias sobre eventos e problemas atuais, religião, ciência e povos de vários países. O livro O Maior Homem Que Viveu comenta todos os relatos contidos nos Evangelhos, em ordem cronológica. Algumas publicações analisam livros bíblicos versículo por versículo, como é o caso de Revelação — Seu Grandioso Clímax Está Próximo!, Preste Atenção à Profecia de Daniel! e os dois volumes de Profecia de Isaías — Uma Luz para Toda a Humanidade. No livro Raciocínios à Base das Escrituras você encontrará respostas satisfatórias a centenas de perguntas bíblicas comumente levantadas no serviço de campo. Quando quiser saber mais sobre outras religiões, seus ensinos e sua história, consulte o livro O Homem em Busca de Deus. A obra Testemunhas de Jeová — Proclamadores do Reino de Deus conta em detalhes a história moderna das Testemunhas de Jeová. Se desejar saber os acontecimentos recentes na obra mundial de pregação, consulte o último Anuário das Testemunhas de Jeová. A obra Estudo Perspicaz das Escrituras é uma enciclopédia e um atlas da Bíblia; se precisar obter detalhes sobre povos, lugares, coisas, idiomas ou eventos históricos associados com a Bíblia, é uma excelente fonte de pesquisas.

“Índice das Publicações da Torre de Vigia”. Esse Índice, publicado em mais de 20 idiomas, o ajudará a encontrar informações em várias publicações. Está dividido em índice de assuntos e índice de textos. Para usar o índice de assuntos, encontre a palavra que corresponda ao assunto que deseja pesquisar. Caso queira saber mais sobre algum texto, procure-o na lista do índice de textos. Se algo foi publicado em seu idioma sobre o assunto ou o texto bíblico que procura, no período abrangido pelo Índice, encontrará uma lista de referências. No início do Índice há uma relação com as abreviaturas das publicações citadas. (Ao consultá-la, verá, por exemplo, que w99 1/3 15 se refere à revista A Sentinela de 1.° de março de 1999, página 15.) Verbetes principais, como “Experiências no ministério de campo” e “Biografias de Testemunhas de Jeová”, podem ser úteis ao preparar discursos para motivar a congregação.

Visto que pesquisar pode ser muito envolvente, tome cuidado para não se desviar do assunto que está pesquisando. Concentre-se no objetivo de pesquisar a matéria necessária para cumprir a tarefa do momento. Se o Índice fizer referência a determinada fonte de matéria, abra a publicação na página indicada e use os subtítulos e as primeiras sentenças dos parágrafos para encontrar a informação de que precisa. Se estiver procurando o significado de determinado versículo bíblico, primeiro localize o texto na página indicada e então examine os comentários antes e depois da citação.

“Watchtower Library” (Biblioteca da Torre de Vigia) em CD-ROM. Se tiver acesso a um computador, talvez ache útil usar a Watchtower Library em CD-ROM, que contém uma vasta coleção de nossas publicações. O programa tem um sistema simples pelo qual você pode procurar uma palavra, uma combinação de palavras, ou uma citação bíblica em qualquer publicação da Watchtower Library. Caso essa ferramenta de pesquisa não esteja disponível em seu idioma, poderá acessá-la em um idioma internacional com que estiver familiarizado.

Outras bibliotecas teocráticas

Em sua segunda carta inspirada ao jovem Timóteo, Paulo pediu-lhe que levasse “os rolos, especialmente os pergaminhos”, a Roma, onde Paulo estava. (2 Tim. 4:13) Paulo valorizava certos escritos e os guardava. Você também pode fazer isso. Costuma guardar os exemplares de A Sentinela, Despertai! e do Nosso Ministério do Reino, mesmo depois de terem sido estudados nas reuniões? Se fizer isso, poderá usá-los para fazer pesquisas junto com as outras publicações bíblicas que tiver adquirido. A maioria das congregações tem uma coleção de publicações teocráticas na biblioteca do Salão do Reino. Essas publicações podem ser usadas por todos os membros da congregação, dentro do Salão do Reino.

Arquivo pessoal

Fique atento a matérias interessantes que poderá usar tanto para falar com as pessoas como para ensinar. Se encontrar num jornal ou numa revista uma matéria interessante, dados estatísticos ou um exemplo que possa usar no ministério, recorte o artigo ou copie as informações. Inclua a data, o nome da publicação e talvez o nome do autor ou do editor. Nas reuniões congregacionais, anote argumentos e ilustrações que poderão ajudá-lo a explicar a verdade a outras pessoas. Já lhe aconteceu de ter uma boa ideia para uma ilustração, mas não surgir a oportunidade de usá-la logo? Anote-a e guarde-a em seus arquivos. Depois de participar na Escola do Ministério Teocrático por algum tempo, você terá preparado vários discursos. Guarde suas anotações. As pesquisas que tiver feito poderão ser úteis mais tarde.

Converse com outros

Pessoas são uma rica fonte de informações. Para compilar seu Evangelho, Lucas evidentemente obteve muitas informações entrevistando testemunhas oculares dos acontecimentos. (Luc. 1:1-4) Talvez um irmão diga algo que o ajude a entender um assunto sobre o qual você esteja pesquisando. De acordo com Efésios 4:8, 11-16, Cristo usa “dádivas em homens” para ajudar-nos a obter mais “conhecimento exato do Filho de Deus”. Você pode obter ideias úteis falando com pessoas que têm bastante experiência no serviço de Deus. Ao conversarmos com outros, descobrimos o que estão pensando, e isso pode ajudar-nos a preparar matérias realmente práticas.

Avalie os resultados

Depois da colheita do trigo, o grão tem de ser tirado da palha. O mesmo acontece com as pesquisas que faz. Antes de usar as informações que encontrou, você precisa separar o que é valioso do que é supérfluo.

Se pretende usar as informações num discurso, pergunte-se: ‘Essa ideia que pretendo usar realmente acrescenta algo à explicação do assunto? Ou, embora a informação seja interessante, será que tende a desviar a atenção do assunto?’ Se pensar em citar acontecimentos recentes ou dados relacionados com os campos da ciência e da medicina — em constante mudança —, certifique-se de que a informação esteja atualizada. Lembre-se também de que algumas informações que aparecem nas nossas publicações mais antigas podem ter sido atualizadas. Por isso, procure as informações mais recentes sobre o respectivo assunto.

Seja muito cauteloso ao usar informações de fontes seculares. Nunca se esqueça de que a Palavra de Deus é a verdade. (João 17:17) Jesus ocupa o papel principal no cumprimento do propósito de Deus. Por isso, Colossenses 2:3 diz: “Cuidadosamente ocultos nele se acham todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento.” Avalie os resultados de suas pesquisas com base nisso. No caso das pesquisas seculares, pergunte-se: ‘Essa matéria contém exageros, especulação ou expressa conceitos míopes? Foi escrita com base em interesses egoístas ou comerciais? Será que outras fontes respeitadas concordam com ela? Acima de tudo, harmoniza-se com a Bíblia?’

Provérbios 2:1-5 incentiva-nos a continuar a buscar o conhecimento, a compreensão e o discernimento ‘como se fossem prata e tesouros escondidos’. Isso é sinônimo de esforço e de ricas recompensas. Pesquisar demanda esforço, mas o ajudará a descobrir o que Deus pensa sobre as coisas, a corrigir ideias equivocadas e a reforçar seu entendimento da verdade. Fará também com que suas apresentações sejam significativas e animadas, tornando-as agradáveis de proferir e de ouvir.

[Quadro na página 33]

QUAIS DESSAS FERRAMENTAS DE PESQUISA VOCÊ TEM?

Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas

Comprehensive Concordance (Concordância Abrangente)

A Sentinela e Despertai!

Raciocínios à Base das Escrituras

Testemunhas de Jeová  Proclamadores do Reino de Deus

Estudo Perspicaz das Escrituras

Índice das Publicações da Torre de Vigia

Watchtower Library em CD-ROM