Farpar

Um dos dois “rios de Damasco” que Naamã considerava superiores a “todas as águas de Israel”. (2Rs 5:12) Mencionar Naamã o Farpar em segundo lugar talvez indique que este era a corrente menor. Este rio usualmente é associado com o Nahr el-ʼAʽwaj. Além do Nahr Barada (identificado com o Abana), é o único rio independente na região de Damasco. Mas o volume de água do ʼAʽwaj é de cerca de uma quarta parte do de Barada. As correntes menores que se unem para formar o ʼAʽwaj emergem nas encostas orientais do monte Hermom e se juntam a uns 30 km ao SO de Damasco. Deste ponto em diante, o rio serpenteia através dum profundo canal rochoso até finalmente se perder num pântano ao SE de Damasco. A distância em linha reta abrangida por este rio (incluindo suas fontes) é de cerca de 64 km.

A principal objeção levantada à identificação acima é que o ʼAʽwaj na realidade não é um ‘rio de Damasco’, visto que corre uns 15 km ou mais ao S desta cidade. Por este motivo, alguns preferem identificar o Farpar com o Nahr Taura, um braço do Nahr Barada. Todavia, a referência de Naamã a Damasco pode ter incluído a planície de Damasco, atravessada pelo Nahr el-ʼAʽwaj.