Sábado, 8 de março

É inconcebível, da minha parte, do ponto de vista de Jeová, fazer eu tal coisa a meu senhor, o ungido de Jeová.  1 Sam. 24:6.

Depois de Davi fugir dele, Saul escolheu 3 mil homens dentre todo Israel e foi à procura de Davi no ermo. (1 Sam. 24:2) Aconteceu que Saul sem saber entrou na mesma caverna em que estavam Davi e seus homens. Davi poderia ter usado essa oportunidade para eliminar o rei que ameaçava a sua vida. Afinal, Deus queria que Davi substituísse Saul como rei de Israel. (1 Sam. 16:1, 13) De fato, se Davi tivesse seguido o conselho de seus homens, o rei teria sido morto. (1 Sam. 24:4-7) Mas Saul ainda era o rei ungido de Deus. Davi não queria usurpar a realeza de Saul, visto que Jeová ainda não o havia removido. Por apenas cortar a aba da túnica sem mangas de Saul, Davi mostrou que não queria lhe causar dano. — 1 Sam. 24:11. w12 15/11 1:8

3 de mar. Leitura da Bíblia: Gênesis 36-39

N.° 2: Por que os ressuscitados não serão condenados por seus erros passados (rs p. 328 §4)

N.° 3: Abigail — Demonstre qualidades que honram a Jeová (it-1 pp. 19-20, Abigail N.° 1)

3-9 DE MARÇO DE 2014

PÁGINA 7 • CÂNTICOS: 106, 46

3-9 DE MARÇO DE 2014

PÁGINA 3 • CÂNTICOS: 106, 46